quinta-feira, maio 08, 2008

Turba

Incrível como uma multidão pode se transformar numa arma mortífera.... O casal Nardoni se transformou num exemplo vivo disso, quando sua prisão preventiva decretada ontem, acabou virando uma operação gigantesca para o fato de simplesmente serem transferidos de casa para a prisão. O número de pessoas que literalmente não tinham o que fazer e foram até o portão do prédio era incrivelmente grande. Não preciso dizer que se não houvessem quase 100 policiais fazendo a segurança, na certa teríamos um linchamento de proporções gregas, que junto com o sensacionalismo  absurdamento ridículo promovido pela imprensa, cria esse clima de "justica com as próprias mãos".... Mesmo com tanta confusão, o que não me sai da cabeça é uma expressão bíblica que não me sai da cabeça.... "não julgue pra não ser julgado".... Justiça sim, provas sim, mas que haja neutralidade, racionalidade e apenas a apuração correta dos fatos e seu julgamento exemplar..... Esse bando de semi-alfabetizados que ficam na porta aos gritos deveriam se ocupar lendo um livro do Monteiro Lobato, e acompanhar atraves de uma imprensa éticamente correta, para que exista um começo meio e fim do processo. Carecemos de educação e destinação adequada de nossos esforços... Um fato horrível tende sempre a se tornar um troféu da mediocridade, e, me pergunto também: Por que todo o foco voltado neste casal? Cadê a gritaria para outros assaltantes e assassinos que diariamente cometem barbáries pelas ruas brasileiras? É, a justiça não é distribuida em doses iguais para todos.... mesmo a justiça, e mais igual para alguns do que para outros.

3 comentários:

  1. Não, Monteiro Lobato, não! Do jeito que esse povo é devagar, não saberá absorver as coisas boas e deixar o racismo dele de lado...

    ResponderExcluir
  2. Eu também fiquei perplexo com o tamanho todo que esse caso se tornou. Mas, olhando pelo lado positivo...algumas coisas ficaram mais claras: a falta de limites vda mídia em explorar uma tragédia e a barbárie para quel nossa sociedade caminha....
    :(

    ResponderExcluir