quarta-feira, fevereiro 27, 2013

E ainda somos os mesmos.

E precisei ficar off  uns tempos... talvez mais por auto segurança do que qualquer outra coisa. Deu uma impressão de ter sido bloqueado de pensar. Achei educativo e pedagógico, e muito desagradável também.

A gente muda, a gente passa fases diferentes, a gente se readapta constantemente. Por um lado o que é bom e necessário, mostra que lá no fundo continuamos os mesmos, com as mesmas expectativas, mesmo com universos novos à sua frente. Sempre pensei nisso como uma certeza de ser humano, de que permanecemos os mesmo apesar dos esforços aparentes de mudança. Talvez mude a apresentação do personagem, mas lá dentro, como cantava Elis Regina, “Ainda somos os mesmos..., e vivemos como nossos pais”.

Toda mudança promove insegurança e desconforto em qualquer aspecto do reino animal, talvez esteja ai uma justificativa de peso, nós humanos não seríamos diferentes é claro.

Mudando ou não,  seguimos contraditórios... Não sei porque, mas gosto muito da frase preferida do GPS quando ele insiste em ficar dizendo “Recalculando a rota”. Tem algo de muito positivo nessa afirmação.

Enquanto eu puder continuar recalculando a rota, tô feliz.

 

 

 

 

 

 

 

3 comentários:

  1. Boa ! A frase é boa mesmo !
    Primeira vez por aqui ... conhecendo ...

    ResponderExcluir
  2. por isto que eu tento entender o motivo de algumas pessoas não mudarem, é que para isto tem que ter o tempo certo, o momento certo... mudar e ficar à deriva é muito triste

    ResponderExcluir
  3. nunca olhei essa frase do gps desse jeito...

    ResponderExcluir