sábado, setembro 01, 2007

10 anos

Há 10 anos atrás, sentei-me ao computador numa noite de sábado. Os computadores já eram parte do mundo dos escritórios, então já não eram mais uma novidade pra mim. Os computadores pessoais em casa sim, eram uma novidade. Não sabíamos muito o que fazer com aquela máquina 386, além de jogar paciência e escrever cartas para os amigos, que imprimíamos e enviávamos pelo Correio. A novidade daquela noite era um modem de 9.600 bps. Iniciei a discagem, a máquina conectou no provedor e a primeira página da internet que abri foi o UOL. Fiquei meio sem saber o que fazer, a internet ainda era um grande mistério acessível apenas a muito poucas pessoas, primeiro por causa do custo e em seguida, a utilidade dela ainda era muito questionável.
A página do UOL mostrava nas notícias mais recentes, a morte da princesa Diana. Não que este fato tenha me deixado impressionado ou algo assim, mas acabou sendo um marco, um acontecimento que marcou a data e que desde então, lembro-me que na noite da morte da princesa, entrei pela primeira vez na internet.
10 anos desde então, milhares de dowloads, praticamente impossível de se contabilizar o número de horas que passei sentado ao computador digitando, buscando informações, músicas, videos numa época em que a informação é mais importante e valiosa do que qualquer coisa, e honestamente não sei se esse tempo todo foi bem utilizado. De repente teria sido mais útil se eu tivesse tido mais contato real do que virtual com as pessoas. De qualquer maneira, tempo passado não se recupera mais, porém a internet se consolidou de uma maneira inesperada na vida de todos nós, e não pára de evoluir. Evoluímos nós também. Irreversível.

2 comentários:

  1. haha eu me lembro dos meus primeiros contatos com o computador.. papai teve vários.. TK 300, 286, 386, 486, 586 ai vieram os penituns..
    pra mim tb o uol foi o primeiro contato com a internet...

    e sim, percebo que olhando por todo esse tempo que os computadores passaram a fazer parte de minha vida, muito tempo foi disperdiçado e poderia ter sido gasto com o contato real com o outro.. mas nao me arrependo.. penso na possibilidade de extensao que essa máquina permite..

    mas é claro que nao me rogo em desligá-lo para sair e ver os amigos..

    ResponderExcluir
  2. Beto de Jesus2:27 AM

    Markus, parabens pelo Blogo, estou lendo e gostando muito. Queria ser disciplinado para inciar um. Abraços, Beto

    ResponderExcluir