sexta-feira, junho 22, 2007

Apagão Aéreo

Olhando as notícias do dia, desde os telejornais da manhã, o assunto é o apagão aéreo no qual o país foi enterrado. Ninguém consegue entender como algo tão importante, em que a presença e responsabilidade é do governo federal, e este ainda não se manifestou deixando milhares de pessoas uma vez mais reféns dos controladores de vôo. Passei por algo parecido em Janeiro, quando fiquei esperando um vôo por 3 horas, depois de passar cerca de 7 horas no aeroporto do Galeão, essa confusão toda ainda não estava formada, mas o fato de ficar travado num aeroporto, na sala de embarque e sem nenhuma informação ou conforto, é desesperador. O povo fica aglomerado perto dos portões de embarque e subitamente embarque que estava previsto alí, é remanjeado para outro, assim por diante... Agoniado para chegar na minha casa, embarque liberado, depois esperar mais 45 minutos dentro de um avião que voce não sabe se vai decolar ou não, é pra se fazer qualquer pessoa ter um começo de uma síncope. Para uma viagem que estava programada para começar as 17:00 horas, conseguir decolar as 23:30 foi realmente uma façanha. Por isso hoje me sinto completamente solidário a estas pessoas que estao ainda tentando viajar em paz, e são obrigadas a ouvir um ministro dizer que parte dessa crise deve-se ao aumento do padrão de consumo do brasileiro, que nunca se voou como hoje... ... Dá pra alguem jogar esse ministro do avião em pleno vôo? Semana passada foi nossa ministra do turismo que afirmou o "relaxa e goza"...Isso mostra a quantidade de ministros competentes que fazem parte de noss governo... literalmente estamos ferrados.
 
 

Um comentário:

  1. shadowcps11:30 AM

    É, a coisa está mesmo de mal a pior, não só no apagão aéreo constante mas no todo. Aliás, sob minha ótica de funcionário concursado na maior empresa do país, cada vez mais somos vítimas da irresponsabilidade da lei da causa SEM-efeito principalmente no que tange nossos "fantásticos e competentes" políticos, corruptos, adeptos de escândalos infindáveis e totalmente impunes. E não se iludam de que a culpa é deles pois, na verdade, é nossa, que não sabemos em quem votar. Da imensa máquina governamental a única engrenagem devidamente lubrificada é a de arrecadação (ou extorsão ?).Sempre os mesmos estão por lá, ad infinitum e, pior, contaminando os poucos recém-chegados. O País e o povo precisam mesmo, é serem reinventados.

    ResponderExcluir